.                                        
                    
 
     

 

  Artigos

 

     

 

  Administrando a casa

 

       Economia doméstica

     Funcionários domésticos

     Economizando

     Poupando
     Reforma
     Evitando desperdício
     Saúde Sanitária

Patologia da casa, doenças das paredes, doenças do sono, mofo, formigas, cupim, informações sobre insetos, emergências, desinfecção da casa e roupas, cuidados com o telhado.

     Imóvel

     Dicas para a hora da compra

     e manutenção
     Temas Diversos
     

 

  Vida Social da Família

 

     Recebendo
     

 

  Decoração

 

     Decorando
     Cortina / Persianas

Aproveitamento de espaços, cortinas econômicas e bonitas, sofás e material para decoração.

     Dicas e sugestões
 
 

 

                                        

 

 

 

 

           A convivência com seus
          empregados domésticos —     1

          Algumas sugestões para harmonizar a delicada
          convivência entre patrão e funcionários domésticos

          Ruth Madeira

 

     Index Casa

 

Reforma

Telhados

Patologia da casa

Pragas

Decorando


O tratamento profissional dispensado aos nossos empregados é a melhor maneira de conferir-lhes respeito bem como demonstrar como você e seus familiares devem ser tratados.

A primeira conversa deverá ser para discutir salário, termos das folgas e situações fora da situação profissional ( no caso de ela estudar, por exemplo ). Deixe que ela exponha todas as dificuldades de ida e volta do trabalho. Horário de apanhar os filhos na escola. Tanto você quanto ela deverão ter conhecimento das necessidades de cada uma e buscar forma de adeqüá-las.

Dia da Empregada 27 de Abril

Exija referências, com muito mais rigor do que se lidasse com um funcionário da sua empresa comercial, se for o caso de você também administrar uma. As referências deverão ser documentadas e assinadas pelos ex-patrões. Referências só pelo telefone, nem pensar.

Explique-lhe sobre quantos membros formam a sua família e qual a rotina delas. Horário de saídas para o trabalho, para escola, faculdades etc.
É importante que você fale da importância da função dela junto à sua família. Se você trabalha fora, mostre-lhe que ela está responsável pela segurança e bem estar da sua família e que sem ela, sua vida profissional ficaria muito mais sacrificada. Não sendo você empresária, faça-a saber que as duas estão exercendo o mesmo papel, enquanto funcionárias e com patrões. Se você for empresária, lembre-lhe que você está trabalhando para gerar empregos para outras famílias.
Quando ela iniciar o trabalho em sua casa, diga-lhe que prefere ver como ela trabalha e só depois você verá o que não vai funcionar sendo feito daquela forma; se você deixar a sua empregada ou o seu empregado trabalhar como ele está acostumado, ele ficará mais descontraída e trabalhará melhor. O tempo que você vai perder para explicar a sua maneira de trabalhar pode nem valer o tempo que você vai perder.
Sempre que precisar chamar atenção da sua empregada faça-o explicando os motivos exatos. Todos os porquês .
Dê-lhe noções de higiene. Fale sobre ácaros e explique o que são, assim como sobre bactérias e outros assuntos que você considere importante que ela tenha bastante informação. Dessa forma ficará mais fácil para ela entender o quanto é importante a higiene, pois se assim não for, ela própria poderá pegar algumas das doenças de pessoas da família.
Trate-a com respeito, amizade mas, mantenha a distância hierárquica, lembrando que a relação profissional existe e é preciso assegurar isso; . Manter o respeito é fundamental. Trate-os com carinho, respeito mas mantenha o padrão profissional. Assim como você procede com os amigos dos seus filhos, por exemplo, que você trata da mesma maneira, mas mantém a distância correspondente relativa às diferenças que, no caso da empregada doméstica é profissional.
Nunca falar mal dela. Sempre que tiver alguma coisa a dizer diga para ela. Nunca fale absolutamente nada de um empregado para o outro.
Não aceite que um empregado lhe venha contar coisas sobre o outro. Se isso acontecer, agradeça mas deixe claro que não é assim que a relação deve funcionar.
Não permita que nenhum membro da família discuta com os empregados ou se dirija diretamente para fazer reclamações. Isso vai evitar um série de desentendimentos desagradáveis que poderão minar as relações.
Só você deverá ser a responsável para transmissão de alguma insatisfação tanto da família para os empregados como o contrário.
Nunca perca a oportunidade de elogiar um empregado na frente de algum dos seus amigos.
Reforce a autoridade dos seus empregados sempre que houver oportunidade. Eles precisam saber que serão respeitados e atendidos. Dessa maneira a auto-estima estará sempre colaborando para o melhor funcionamento da vida de todos, inclusive ele estará se educando para lidar com a própria família, em casa.
Deixe que sua empregada saiba quando você está triste e preocupada. Com certeza, você poderá ter uma grande surpresa. Peça-lhe ajuda para que você possa suportar aquele dia que " não vai ser fácil".
Sempre que estiver insatisfeita com seus empregados por alguma titude ou comportamento deles, faça-os saber com clareza. Não fique faça " cara feia " ou fique de resmungos.
Colabore para que seus empregados domésticos tenham orgulho da profissão que é tão importante quanto qualquer outra. Afinal, cuidar da sua família deve ser muito importante para você mesma.
Sempre que possível, dedique uns minutos para conversar com seus empregados e ouça-os com atenção. Se a sua empegada dorme no emprego, lembre-se da solidão em que ela vive, sem ter com quem conversar durante quase o dia inteiro.

Essas são apenas algumas lembranças que você com sua sensibilidade e sinceridade vai convencer melhor através das suas atitudes.

 

Nova regência legal, nova convivência

 
 

Ecos da nova lei dos empregados domésticos

 
 

Como negociar e lidar com o cotidiano

 

 

Sobe

 

                    

DF
Interativas

Amizade

ClubeDF

CtrlQualidade

Participe
Expatriates

Onça

Amor

Seguros

Socorro

Trabalho&

Negócios

Serviços

Separação

Moda

ElesPorEles

Viagem

Cultura

NetColun@

NetHumor

Brechando

Entrevistas

Mulher

JovensElas

Noivas/Noivos

Perfumes

Lar&Casa

Lojas

Saudável

Internacional

Lazer

Lojas

Temáticos

Editorial
Opinião
Editora
DF

 

Domínio Feminino © 2000 -2002. Todos os direitos reservados. ] Brasil - Brazil, we speak brazilian portuguese