.
..                    
.                                                               
Opinião    
                          

 

Artigos Temáticos

 

    Principal Opinião

 

Domínio Feminino

 

 

    Artigos
    Seguros
    Oportunidades
    Controle de Qualidade
    Pequenos empresários
    Serviços
    Mediação de Conflitos
    Mercosul
    Finanças&Investimentos
    Idéias
    Opinião
    Internacional

 

Seguros
    Enio Vieira
Fotográfos
    Jean-Marc
    Vantoen Pereira Jr.
Dentista
    Dr. Paulo Alberto Cardoso
Mercosul
    Marketeck/SA
Internacional
    International Food
    & Beverage Consulting
Serviços
    Pessoais

 

 
Ler:
Angela Riore

Ler:
Maria Lúcia Victor Barbosa

   
   

Ugo Medeiros

Desabafo de um nazista-reacionário.Ou: Educassão de qualidade

Maria da Penha Vieira

O movimento dos sem partidos políticos

Maria da Penha Vieira

O Ministro Joaquim Barbosa e o Caxangá

Adriana Falavigna

PEC 33

Maria Lucia Victor Barbosa

Lula da Silva e Dercy Gonçalves

Percival Puggina

Agora, por exemplo, é Natal

Odemiro Fonseca
Educação encardida
Ubiratan Iorio

O letes do Caribe

Maria Lucia Victor Barbosa

Lula, quem diria, ficou com medo

Christina Fontenelle
Berta Ataíde
Maria Lucia Barbosa
Jorge Ernesto Macedo Geisel

Sarkosy, o revolucionário

Maria da Penha Vieira

Culinária para um Contrato macabro

Ubiratan Iorio

A gralha e a medalha

Angela Riore

Estatuto do brasileiro

Patrícia Carlos de Andrade

O outro lado não existe?

Jorge Ernesto Macedo Geisel

Corrupção e outros quejandos

Adriana Vandoni Curvo

Transas não contabilizadas

Adriana Vandoni Curvo

Viva!

Margareth Soares de Melo

Uma nova versão...

Angela Riore
Angela Riore
Geraldo Almendra
Geraldo Almendra
Adriana Vandoni Curvo

Mestres da ignorância

Adriana Vandoni Curvo

Este é um Estado Democrático?

Itamar Perenha
Maria Lucia Victor Barbosa

A grandeza que nos falta

Itamar Perenha

Cadáveres insepultos

Ives Gandra Martins
Caio Martins
Maria da Penha Vieira
Angela Riore
Angela Riore
Enio Vieira
Berta Ataíde
Angela Riore
Angela Riore

Angela Riore

Roberto Elias Costa

Berta Ataíde

Flávio Calazans
Angela Riore
Maria Luiza Curti
Angela Riore
Itamar Perenha
Angela Riore
Maria Luiza Curti
Angela Riore
Marina S. Rodrigues Almeida
Milla Kette
30, Julho/2002
 
Angela Riore
22, Janeiro/2002
Basta de ecumenismo,
abraços e pedidos
de Paz

Até quando vamos abraçar a Lagoa ( no caso do Rio de Janeiro), o Ibirapuera (são Paulo), Pampulha ( Belo Horizonte ) e outros símbolos de nossas cidades, pedindo Paz e providências aos nossos dirigentes? Quantas vezes já fizemos isto e aconteceu o quê? As estatísticas demonstram claramente que aumentaram os índices de violência e no caso de São Paulo o crime que mais aumentou (300%) foi o de seqüestro.

 
Milla Kette
08, Julho/2002
         Americanizada
         Yes, We Have No Bananas!

Carmem Miranda transformou em sucesso musical a acusação pueril de estar Americanizada. Como fui acusada do mesmo, quando estive no Brasil em 2001 e afirmei que não há pobreza nos EUA (além de ter sido taxada de não-cristã), resolvi escrever meu texto de estréia em cima dessa afirmação.

 
Maria Luiza Curti
05, Julho/2002
Psicóloga/Cuiabá

Temos muito que agradecer aos países asiáticos, Coréia do Sul e Japão, pelo retorno do desejo dos nossos jogadores.

Uma seleção que fez uma campanha pré-Copa pra lá de sofrível – por pouco não deixamos de participar (quase que a Venezuela acaba com nosso sonho). Era uma seleção que não se acertava, não desenvolvia e levava os torcedores à loucura!

 
 
Maria Luiza Curti
02, Fevereiro/2002

Psicóloga/Cuiabá
 

    Hoje, vivemos num país cuja população está mergulhada no medo, que se espalhou e atinge todas as camadas sociais. Pessoas atônitas se perguntam o porquê de tanta violência? Por que as "autoridades" perderam a autoridade? Em que curva de rio ficaram enganchados nossos valores? Leia mais

 
 
PENSANDO A GLOBALIZAÇÃO,
A VIOLÊNCIA E O SER HUMANO
Marina S. Rodrigues Almeida
Psicóloga e Psicopedagoga

Somos acostumamos a ir por raciocínios de modelos de explicações causais, e o que é pior geralmente são generalizadas para outras situações, realidades, pessoas, etc... Um exemplo disso: Um maior consumo de álcool na Alemanha não é a causa de maior acidentes de trânsito no Brasil. Contudo, ambos aumentam com o tempo e com o tempo aumentam a renda mundial que permite...Leia mais

   
   
   
Suzana Bertioga
08 de Janeiro, 2002
Jornalista - Domininio Feminino
 

Já conheci uma Argentina em início de declínio intelectual, me diziam os argentinos quando da minha primeira viagem para lá, em 1968. O nível de ensino estava em franco declínio, na opinião eles. Tudo isso para meu total espanto. Leia mais

   
   
Angela Riore
04 de Janeiro, 2002
 
 

Os últimos acontecimentos na Argentina nos levam a algumas reflexões.

Como pode um país que há apenas 50 anos era a décima economia do mundo, com um padrão educacional invejável e status europeu, pode assim em tão pouco tempo chegar ao ponto que chegou? Leia mais

   
Maria Luiza Curti
Psicóloga/Cuiabá
Novembro, 18/2001

   

Indiscutivelmente, os brasileiros são um povo religioso por tradição, porém professar uma religião não é certeza de orações. Mas, creio que em matéria de reza, nossa nação é das mais rezadoras do mundo, mais ainda que os muçulmanos que têm várias horas marcadas no dia para se virar para Meca e fazer suas orações. Ganhamos de longe!

O brasileiro médio já acorda rezando para que o trânsito flua e ele não fique parado em engarrafamento ou em manifestações impedindo-o de chegar na hora certa e com isso atrasar todo o seu dia.

Reza para que os filhos tenham um bom dia na escola e para que o traficante não esteja lá também.

 
 
O dedo indicador
no seu devido lugar
28, Setembro/2001
Suzana Bertioga
 

Por certo que nossos navegantes de todos os Continentes, de todas as raças, de todas convicções filosóficas e de todos os credos que nos visitam, se perguntavam pelo motivo de o Domínio Feminino manter-se emudecido, por dias, diante do holocausto perpetrado contra a Nação Norte-americana, contra o Continente Americano, contra nosso pensamento ocidental.

Esperar que as exaltações dos ânimos arrefecesse. Ter tempo para refletir após sair do entorpecimento causado pelo choque dos trágicos acontecimentos. Caladas por temperança.

 
27, Setembro/2001
Caio Martins é jornalista/SP
   

Milhares de mortos, projeções desastrosas para a economia mundial, e os prenúncios da primeira guerra deste século exigem reflexão. Na desaceleração da economia norte-americana, um ataque covarde como esse veio a calhar internamente, pois o patriotismo daquele povo o levará aos maiores sacrifícios tanto para lavar a afronta, quanto para aproveitar o fato para a reestruturação de seus processos produtivos, esta contando com a aquiescência unânime da população, por mais amargas que sejam as medidas a serem impostas. Inclusive e principalmente aos demais povos do mundo.

O inocente na terra da vaca louca
25, Maio/2001
Caio Martins é jornalista/SP
 

É o "apagão"! Não sincronizaram as redes de abastecimento, não investiram na modernização do sistema, não projetaram os índices de consumo a médio e longo prazo alicerçados em medidas políticas, técnicas e administrativas coerentes, e a crise anunciada há mais de uma década veio...

 
Revisita
Maria Luiza Curti
Psicóloga/Cuiabá
 
 
Maria Luiza Curti
A autora é Psicóloga
   

Neste artigo sobre o sentimento Raiva, um sentimento humano, sim, mas quase terminal se não estivermos atentos — para medir o grau de intensidade —, um impedimento que seja, por não permitir satisfazer desejos, pode transtornar uma pessoa e levá-la ao ponto de cometer os maiores e perversos crimes. Leia Editorial.

 
Em 24/03/2001
Por Angela Riore  
 
Flavia
Estilista
 
Maria Luiza Curti
A autora é Psicóloga
DF
Interativas

Amizade

ClubeDF

CtrlQualidade

Participe
Expatriates

Onça

Amor

Seguros

Socorro

Trabalho&

Negócios

Serviços

Separação

Moda

 

ElesPorEles

 

Viagem

Cultura

NetColun@

NetHumor

Brechando

Entrevistas

Mulher

JovensElas

Noivas/Noivos

Perfumes

Lar&Casa

Lojas

Saudável

Internacional

Lazer

Lojas

Temáticos

Editorial
Opinião
Editora
DF

[ Domínio Feminino © 1998-2005. Todos os direitos reservados. ] Brasil - Brazil We speak Brazilian Portuguese