.
.
.DF
                         
.
..
.
.Moda
.
.

 

    Moda Index
    Assessoria de imagem: Affife     Sawaia
    Sua roupa fala
    Estilo pessoal
    Sugestões
    Artigos
    Rapidinhas da moda
    Sobre bolsas e acessórios
    Central das Bolsas

 

Golas falsas

Para composições

Um detalhe tão simples como uma gola, pode fazer a grande diferença. Veja como usar golhas falsas e mudar o look da roupa. Até você vai pensar que está de roupa nova. Criatividade é tudo na moda.

Seguros

 

 

 

 

 

 

 

Central das Bolsas

 

Berta Ataide
00, 000/2009
Twitter: Central das Bolsas

 

EM CONSTRUÇÃO Sem pretender esticar pelo caminho da história antropológica da bolsa, afirmamos que os primeiros a fazer uso delas foram os homens em seus deslocamentos para conseguir alimentos. No início, todas eram simples trouxas ou mochilas de couro advindo das caçadas. De simples alforje de provimento alimentar foi evoluindo em tamanho diferentes de acordo com suas necessidades.

As primeiras bolsas femininas pode-se considerar, as bem primitivas, simples suportes de couro, e mais adiante fibras urdidas, que eram utilizadas para transportar os filhos e também os poucos provimentos em deslocamentos de suas tribos.

O lenço era de grande importância no vestuário feminino e masculino, mas as mulheres o portava nas mãos; eram carregados nas mãos dado a sua elaboração de requinte na feitura; era, pois, preciso exibi-lo — em outros momentos o leque fazia as vezes de acessório. Além de outras práticas, o lenço tinha grande utilidade como objeto de sedução e depois por cuidados para a limpeza do corpo. Na moda pode-se dizer que o lenço teria sido a primeira bolsa do ambiente social acessório do vestuário. Depois do chapéu.

Passos lentos, com e evolução da farmacologia, com os perfumes e carmins, veio a necessidade de pequenas bolsas para o transporte destes acessórios na manutenção da beleza e o lenço pulou para dentro dela, embora a obrigação de ter um lenço passasse a ser dos homens, pelo motivo de facilitar o resultado da conquista e não apenas para iniciar o processo de sedução. O lenço apenas finalizava o processo vitorioso.

Acelerado o desenvolvimento da cosmética, da atividade profissional feminina as bolsas começaram a ser vistas como a casa e o escritório, os dois ambulantes e para manter referência com o passado nômade e tribal. Hodiernamente, a bolsa de uma mulher é um domínio verdadeiramente feminino. Dali ela regula a casa, a família, o trabalho e a rede de amigos.

 

 

Alto

 

DF
Interativas

Amizade

Clube DF

CtrlQualidade

Participe

Expatriates

Onça

Amor

Seguros

Socorro

Trabalho&

Negócios

Serviços

Separação

Moda

ElesPorEles

Viagem

Cultura

NetColun@

NetHumor

Brechando

Entrevistas

Mulher

JovensElas

Noivas/Noivos

Perfumes

Lar&Casa

Lojas

Saudável

Internacional

Lazer

Lojas

Temáticos

Editorial

Opinião

Editora

DF
Domínio Feminino © 1998-2009. Todos os direitos reservados. ] Brasil - Brazil We speak Brazilian Portuguese