.
                                   
DF
                        
.
     
.                                        
NósMulheres
.
     

 

Artigos: Geral

 

 

Portal www DominioFeminino com

 

 

 

 

Amante faz bem?

Ou fidelidade conjugal faz mal?



Artigo 1 — Por: Linda Albuquerque C. Cozen
Artigo 2 Por Maria Luiza Curti

Coordenação editorial: Adriana Murin
01, Setembro/2001

 

Uns toques, de leve

 

Artigo 1 — Por: Linda Albuquerque C. Cozen

 

Nem me passa pela cabeça julgar os depoimentos aqui amealhados — sim, porque colher depoimentos de natureza tão íntima não é fácil — como não deveria passar por cabeça de ninguém. Cada qual sabe onde o calo aperta, cada cabeça uma sentença, tudo isso dito de maneira aforística. Se alguém não viveu a experiência como, então, saber sobre a matéria? É, pode ser.

Contudo, mesmo sendo forte o exemplo de que não se precisa beber veneno para saber seus efeitos, ainda assim serve, têm-se uma idéia. Acontece que o que pensamos é que, sem explicações científicas exatas, claro, a mulher em geral tende muito mais à apegos afetivos. Ao contrário dos homens, em geral nós mulheres nos envolvemos com facilidade demasiada para viver vida dupla. Pode, a certa altura, deixar de ser um benefício e passar a ser fardo. Dois fardos. Se for entendido que a necessidade de ter ido buscar um substitutivo para a carência, foi porque o titular não estava dando conta.

Ou, a insatisfação era interior e, nesse caso, vários, inúmeros amantes não irão dar conta, também e nada tinha a ver com o companheiro. Tem tudo para se tornar uma ciranda.

Tem ainda outro pormenor, há sempre o risco de se cair em arrependimentos e acabar por revelar sobre a falta de fidelidade, ao companheiro. Isso, deduz-se, seja fatal para a relação. Se fez e bateu arrependimento, faça como os homens: morra jurando inocência e castidade. Ele pode até ter visto alguma coisa, mas negue, faça-o sentir-se estúpidamente equivocado.

É curioso observar a ginástica que os amantes fazem para encobrir seus encontros. A imaginação, nesses casos desconhece limites, mas o mais comum é um do par chegar em seu próprio carro e ficar esperando pelo outro. Os dois juntos, um deixa o carro estacionado em lugar, normalmente, discreto e calmo, como uma rua tranqüila residencial de bairro de casas, de preferência e saem no juntos em um só carro. A preferência recai sobre ruas arborizadas.

Mais tarde, eles voltam e fazem a troca dos carros e se dispersam. A adrenalina já começa por aí. Tanto como os problemas que podem acontecer até mesmo chegar a tragédias lamentáveis. Bom, esse mesmo risco acontece nas relações legais e portanto não seria esse o argumento.

O risco maior é quando um do par insiste em invadir a vida privada do outro com telefonemas anônimos, do tipo só para ouvir a voz. Avançar até o trabalho do outro, são alguns exemplos. Lembramos que se você pensa em encontrar um amante, tome todos os cuidados para não deixá-lo saber seus telefones. Ligue sempre para ele, nunca ele para você. Cuidado com os documentos dentro da bolsa e não dê mole. Não invada a vida privada dele mas, procure saber com quem está lidando para evitar deitar-se com um psicopata.

Mantenha seus filhos e marido distante do sujeito. Nunca fale mal do seu marido, nunca deite choradeiras. Amantes não gostam disso e é por isso mesmo que ele, como você buscam alguém longe dos seus problemas familiares e pessoais.

Se for o contrário, você desimpedida, a evitação da invasão na vida privada do sujeito é importante da mesma forma.

OBS: nada de levar "coisinhas" do motel para casa! Óbvio?! Incrível mas muita gente esperta é pega por aí.

Por: Linda Albuquerque C. Cozen

 

Variações sobre o mesmo tema

Que sufoco!

Envie sua E-mensagem contando.

 

E-mensagem para : dominiofeminino@dominiofeminino.com.br

 

                    

DF
Interativas

Amizade

ClubeDF

CtrlQualidade

Participe
Expatriates

Onça

Amor

Seguros

Socorro

Trabalho&

Negócios

Serviços

Separação

Moda

ElesPorEles

Viagem

Cultura

NetColun@

NetHumor

Brechando

Entrevistas

Mulher

JovensElas

Noivas/Noivos

Perfumes

Lar&Casa

Lojas

Saudável

Internacional

Lazer

Lojas

Temáticos

Editorial
Opinião
Editora
DF

Domínio Feminino © 1998 -2003. Todos os direitos reservados. ] Brasil - Brazil, we speak brazilian portuguese