.
seus domínios
.DF
.
.
.
.
Alquimia
D.F

 

Leia

Antropologia social do perfume

Por Maria da Penha Vieira

 

Perfumes
Alquimia e segredos: no caldeirão do perfume
Reconhecendo
Dicas e sugestões
DF

 

Opte por  boas marcas, lembrando que a qualidade do fixador usado é fundamental.

 

Por Maria da Penha Vieira

 

Para melhor compreender esse grande sedutor.

O caldeirão da alquimia aromática é absolutamente complexo. Os alquimistas são, atualmente, grandes pesquisadores trabalhando em sofisticados laboratórios de empresas privadas e universidades; mas, ainda assim, nesse universo tecnológico, o perfume guarda ainda o que sempre teve de misterioso e simbólico; permanece cultivado através das culturas milenares e mantém-se colaborativo para afastar os espíritos da tristeza e os maus fluídos.

Para entender melhor a alma do seu perfume e para ajudá-la a " inventar " o seu cheirinho pessoal e intransferível, vão aqui algumas informações fundamentais. Mas não sonhe muito, pois para se chegar a uma fragrância, pode ser necessário usar mais de duas mil combinações diferentes. Quem sabe você até descobre sua vocação ou uma nova profissão. Divirta-se!

Na perfumaria, os álcoois são substâncias, química ou orgânica, que se adiciona aos perfumes feitos de essências naturais voláteis para que o aroma não se dissipe quando em contato com o ar. Álcoois de inúmeras origens de extração são utilizados nas reduções. Na constituição de um bom perfume, na maioria das vezes, são usadas dezenas de essências e/ou resinas conhecidos como fixadores.

Famílias olfativas

Assim denominadas pelas pelo que é entendido por "diferenças de fragrâncias", ou ainda, as complexas composições.

 

Cítricos florais: denominados frutados, utilizam matérias-primas extraídas de cascas de frutas tais como: lima, limão, laranja, pomelo, tangerina, mandarina, etc.


Florais Aldeídos: a matéria prima é extraída das flores naturais ou desenvolvida sinteticamente em laboratórios. As notas tem caráter delicado, sutil e discreto.


Fougère: matérias-primas leves e frescas, normalmente extraídas de madeira, por isso são conhecidos como amadeirados, e a elas se juntam a mistura de álcoois de tubérculos e raízes. São muito utilizados em fragrâncias masculinas.


Chipre florais: matérias-primas extraídas de musgos, normalmente do carvalho. São os perfumes mais clássicos e sofisticados. A adjetivação mais adequada para estes tipos de perfumes é elegância e requinte.


Orientais florais: suas misturas são constituídas normalmente das tuberosas, baunilha, patchouly, ylang ylang. Inspiram sofisticação e inclusive são mais marcantes, misteriosos e supersensuais. 


Couros secos: fragrâncias extremamente secas, com características dominantes. Suas
matérias-primas são extraídas do tabaco, de madeiras, couros, musgos, algas marinhas, chá etc..


Aldeídos florais: misturas em geral sintéticas, também usadas nos perfumes muito clássicos e sofisticados. Possuem um certo frescor inicial característico e picante.


Aromáticos secos e frutados : misturas de secos e frutados, que criam uma fragrância híbrida. Podem muitas vezes conter fragrâncias extraídas de especiarias como cominho, estragão e mangericão, o cravo, canela, noz-moscada, açafrão e até mesmo a pimenta.

O universo dos florais se divide em:


Femininos:

Aldeídeos — Paris, Poême e First são exemplos

Chipre — Paloma, YSL 

Oriental — JPG

Frutados — XS


Masculinos
Couros — Hugo, Plo, Davidoff e Couros

Aromáticos — T`sar, Azzaro, Jazz e Cool Water

 

Famílias olfativas

São as sensações olfativas que se sente nas diversas fases da utilização do perfume. Estão divididas em três partes: notas de cabeça, de coração e de fundo.


Notas de cabeça ou de saída: são as primeiras sensações que temos ao passar ou espargir o perfume. São extremamente voláteis e via de regra muito leves. São essências à base de limão, laranja, bergamota, lavanda, pinho, eucalipto e folha de chá dentre outras. Quando um perfume é muito fresco, suas notas são quase todas voláteis, daí porque seus aromas duram menos tempo.


Notas de coração ou de corpo: é a alma, a personalidade do perfume. Normalmente são fortes e se fixam por um tempo maior do que as notas de cabeça. São utilizadas essências menos voláteis e mais pesadas, dentre elas o tomilho, o cravo, aldeídos, cominho, pimenta, e outras especiarias. Ou seja notas de coração ou de corpo são o tempero de um bom perfume.


Notas de fundo ou de fixação : ( o fixador gorduroso que adere à pele. Os preços  dos melhores fixadores são muito altos, em geral ): é o responsável pela fixação da fragrância na pele. Com fixadores são usadas resinas e extratos amadeirados e de origem animal, como o musk, o castor, o almíscar e o civete.


Acordes: são os conjuntos ou as misturas das essências, aquelas que mais se sobressaem valorizando o perfume pela qualidade de sua composição.

 

 

 

 

 

DF
Interativas
Amizade
ClubeDF
CtrlQualidade
Participe
Expatriates

Onça

Amor
Seguros
Finanças & Investimentos
Socorro
Separação
Entrevista
Mulher
Perfume
Moda
NoivasNoivos
JovensElas

ElesPorEles

Viagens
NetPoesia
NetColuna
Humor via e-mail
Cultura
Por aqui, senhores
Saudável
Temáticos

Editora

DF
Domínio Feminino
Opinião
Lar & Casa
Trabalho & Negócios
Lazer
Serviços
Compras
DF

 

[ Domínio Feminino © 2000 -2001. Todos os direitos reservados. ] - Brasil

Cadastre-se